JESUS VERSUS PAPAI NOEL


O Texto abaixo foi retirado do livro "Educadores do Coração", de Walter Barcelos e nos ajuda a lembrar quem é o Aniversariante esse mês!

"Nos acontecimentos natalinos do mundo, está ocorrendo o esquecimento quase completo da personalidade de Jesus e a sua missão divina, pois no lugar Dele surge a figura ingênua e alegre de “Papai Noel”. O bom velhinho traz alegrias para as crianças, mas não apresenta mensagem espiritual construtiva para o coração infantil. Apesar disso, continua sendo uma figura que vem do Céu para promover alegria maior no coração de todas as crianças da Terra”.

Para a imprensa mundial, para o mundo dos negócios, para os adultos, para os pais e especialmente para as crianças, a figura mais importante no Natal e que toma conta das emoções e sonhos dos pequeninos continua sendo a de Papai Noel...

Jesus é o grande esquecido na própria data em que se comemora o seu nascimento. Nessa data, pouco se fala de seus ensinos maravilhosos para a felicidade das criaturas, de seu imenso amor à Humanidade e de seus exemplos da mais pura fraternidade para com os homens.

Papai Noel é o encantamento das crianças, o mágico dos brinquedos, a oportunidade de fazer um pedido, o sonho infantil a ser realizado, a alegria de ganhar brinquedos esperados ansiosamente. Fala-se, divulga-se e materializa-se a personagem lendária de Papai Noel para estimular sonhos, emoções, alegrias, sorrisos, fantasias, presentes, músicas e festas encantadoras – tudo em função de poderoso interesse comercial! Papai Noel, de certa forma, tomou o lugar de Jesus no coração dos pequeninos do mundo inteiro. É um desrespeito e um desprezo imenso pela missão do Cristo de Deus.

Precisamos, cada vez mais, espiritualizar as comemorações do Natal de Jesus na mente e nos corações, muito especialmente das crianças, para que sejam efetivamente orientadas e educadas para um mundo melhor. Não podemos deixar que na bela data em que se deve lembrar-se da presença sublime do Embaixador de Deus aos homens, continuem nossas crianças com a mente impregnada de símbolos e ideias bastante fantasiosas.

No Culto do Evangelho no Lar, no mês de dezembro e na semana do Natal, será que os pais espirituais aproveitam essa oportunidade para explicar mais e melhor acerca da missão excelsa de Jesus Cristo? Falar de sua família consanguíneo, de sua infância, de seu amor aos pais Maria e José, de sua grande humildade, de suas curas maravilhosas, de seus exemplos de enorme bondade para com todas as pessoas, de seus ensinamentos de Amor e Caridade, de seu Amor a Deus, de seu amor aos pobres e sofredores do mundo e de seu sacrifício supremo pela paz da Terra.

Papai Noel é a festa humana no coração infantil, com o presente perecível fazendo a felicidade passageira da criança.

Jesus Cristo é a festa de luz eterna com o presente de amor ao coração dos pequeninos para a edificação da felicidade espiritual pela educação do sentimento e do caráter no reino dos corações.

Papai Noel representa os interesses transitórios da Terra, ao passo que Jesus constitui os valores imorredouros do Céu.

Não podemos ser contra a presença mágica e alegre de Papai Noel na mente infantil, porém devemos ser contra o descaso e o esquecimento quase completo da missão de Jesus, nas comemorações de Natal no seio das famílias.

“Imagine que você me convide para o seu aniversário, mas quando chego lá encontro outro em seu lugar.”

Que Jesus possa ser o centro das atenções em sua comemoração neste ano, afinal ele é o aniversariante, e merece todo nosso carinho, respeito e admiração.






UM CONFORTO QUE CUSTA CARO PARA AS AVES


Sobre PETA Alemanha

PETA Alemanha ( PETA Deutschland ) foi fundada no final de 1993 e é uma organização irmã PETA, que tem mais de três milhões de adeptos em todo o mundo a maior organização de direitos dos animais. O objetivo da organização é identificar através de investigação e denuncia, a crueldade contra os animais, e fazer uma educação pública, quanto ao estilo de vida de cada animal para uma vida melhor. Outras organizações irmãs atuam no Reino Unido, França, Holanda, Austrália, Índia e Hong Kong. As organizações foram fundadas para educar políticos e o público sobre a crueldade em curso, generalizada e inaceitável para os animais e para promover o entendimento de que os animais têm uma inerente têm o direito de ser tratado com respeito e dignidade. PETA opera no princípio simples de que nós, os seres humanos não temos o direito de explorar os animais de qualquer maneira para abusar ou explorar.

Mostrar gravações de vídeo secreto, como funcionários de fazendas de ganso, aves vivas, todas apressadamente tendo suas penas arrancadas envolto de gritos e de lágrimas. Atitude que muitas vezes deixam feridas sangrentas, causando pânico nos animais que reagem aos gritos. Os trabalhadores terminais gansos muitas vezes simplesmente de cabeça para baixo entre os joelhos. Neste caso, os animais asa-hispânica são muitas vezes quebrado ou rasgado retalho de pele. Com agulha e linha estes são então costuradas sem anestesia ou deixa você animais completamente aterrorizados com feridas abertas à sua sorte. Alguns chegam a morrer como resultado da "Lebendrupfs".

Abaixo os produtores e comerciantes em conluio

Todos os anos, a Alemanha importou cerca de 10.000 toneladas de penugem e penas de todo o mundo - incluindo da China, Polónia, França e Hungria, onde o chamado Pusztarupf (aguardando tradução) tem uma tradição triste e cerca de 300.000 animais anualmente sofrem. O vive-arranca é para a indústria avícola um negócio lucrativo porque os agricultores de gansos 4-7 podem arrancar a penugem deles vivos, em vez de apenas uma vez com os animais abatidos. Isso não é tudo: Quem compra, também pode apoiar o tormento dos animais e o mesmo tempo as indústrias de carne, os atormentadores desses animais. Muitas fazendas reproduzem as aves para produção de carne e sugeri um lucro adicional de suas penas. Para o abate desses animais muitas vezes cortam-se a garganta ou mergulha-os em água fervente ( banho de escalda ) quente enquanto eles ainda estão conscientes.

video

Sem garantias - controle? Esqueça!

Os especialistas não conseguem entender. Por baixo, não há certificado de controle independente com sanções ou multas. Na verdade, o arranca-vivo na UE é proibida, mas a autoridade competente para a Segurança Autoridade Alimentar Europeia (EFSA) deixou a brecha da trepidação durante a muda de aves para a indústria avícola. Nas empresas com milhares de animais e acordo arrancar, os gansos são selecionados, mas não apenas no tempo de perder as penas individual e eles são o baixo é cuidadosamente "abgestreichelt", (aguardando tradução) como as gravações de vídeo revelar-se doloroso.


Por favor, ajude!

Você pode. Quando você compra esse tipo de produto, impossível saber se os animais foram depenados vivo. A única maneira de realmente evitar que esse sofrimento de animais pare, é você não comprar nada que venha de um lugar assim.

Ao contrário de materiais sintéticos, como PrimaLoft, Thinsulate ou Thermolite quente em todas as condições meteorológicas, enquanto para os demais perdem suas propriedades de isolamento quando estão molhadas ou tem que ser lavado. Assim, a proteção antimicrobiana de PrimaLoft inibe a formação de mofo, bolor e bactérias que causam alergia, que é muitas vezes um problema com sobre-colchões para os consumidores.


Quer saber mais sobre a PEBA? Acesse...

PETA Deutschland

PETA Deutschland NO YOUTUBE


ELA BUSACAVA UM MARIDO MILIONÁRIO


Ela buscava um marido milionário e recebeu uma resposta incrível.

Como se fosse uma oferta de trabalho, uma jovem de Nova York publicou um anúncio em um grande jorna dos EUA, pedindo um marido milionário que ganhe o suficiente para lhe dar o melhor conforto possível. Em troca, ela ofereceu suas qualidades, destacando: que é "bela", "inteligente" e "elegante".

Leia a mensagem publicada pelo jornal:
"Eu sou uma garota linda (eu diria muito bonita), 25 anos, bem educada e eu tenho classe. Quero me casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano.


Há algum homem neste site que ganhe US$ 500.000 ou mais? Quem sabe alguma esposa de alguem que ganhe acima desse valor pudesse me dar alguns conselhos.

Eu estive envolvida com homens que ganhavam até US$ 250 mil. E US$ 250 mil não vai me fazer morar no Central Park West.
Conheci uma mulher, na minha clase de yoga, que se casou com um banqueiro e hoje ela vive em Tribeca. E ela não é tão bonita quanto eu ou inteligente. Então, o que ela fez para conseguir isso e eu não? Como posso chegar ao nível dela?

Rafaela S."

A resposta veio rapidamente, e foi com uma surpresa. Quem respondeu o anúncio foi, na verdade, um milionário interessado, mas provavelmente não do jeito que a jovem esperava.

Com muita ousadia, o homem usou seu conhecimento nos negócios para oferecer a jovem um contrato, que segundo ele, seria bom para ambos.


Leia a carta enviada pelo milionário:
"Eu li sua carta com grande interesse, pensei cuidadosamente em seu caso e fiz uma análise da situação. Primeiro, eu não estou perdendo tempo, porque eu ganho mais de US$ 500 mil por ano. Dito isto, considero os fatos da seguinte forma: O que você oferece, visto da perspectiva de um homem como você quer, é simplesmente um péssimo negócio.

Aqui está o porquê: Deixando de lado rodeios, o que propomos é um negócio simples: você coloca sua beleza física e eu coloco o dinheiro.
Proposta clara, sem recessos. No entanto, há um problema. Certamente, sua beleza vai desaparecer, e um dia isso vai acabar, e muito provavelmente o meu dinheiro vai continuar crescendo.

Assim, em termos econômicos, você é um ativo que sofre depreciação e eu sou um ativo que paga dividendos.

Esclarecendo ainda mais, você tem hoje 25 anos e vai continuar a ser bonita durante os próximos 5 ou 10 anos, mas sempre um pouco menos a cada ano, e de repente, quando for você comparar com uma foto de hoje, verás que já está envelhecida.

Isto significa que agora você está "up" no momento ideal para ser vendida, não para ser comprada.

Usando a linguagem de Wall Street, agora você está em "posição de negociação" (posição para comercializar), e não de "buy and hold" (comprar e manter), que é o que você está oferecendo.

Portanto, ainda em termos comerciais, o casamento (que é um "buy and hold") com você não é um bom negócio a médio e longo prazo, mas o aluguel pode ser comercialmente razoável para um negócio para nós dois discutirmos.

Acho que por certificadora como "bem educada, elegante e maravilhosamente bonita" é, eu, provável futuro locatário dessa "máquina", quero o que é uma prática comum nos negócios: fazer um teste ou como você preferir um "test drive ..." para concretizar o negócio.

Em suma: como comprar um mau negócio se sua desvalorização crescente? Então eu sugiro alugá-la no momento em que o material está em bom uso. Espero notícias suas. Me despeço cordialmente.

Atenciosamente: Um milionário"

PS : Uma ótima noite a todos , e um bom FS que se aproxima.








MENINO JESUS VERSUS PAPAI NOEL.



Áustria preparou um anúncio de televisão em que o Menino Jesus e Papai Noel travam um combate pela sobre, se a árvore o melhor presente neste Natal.

O comercial é de 2011, mas postei somente para que todos vejam até que ponto o mercado capitalista é capaz de chegar pra vender um produto.
TeleRing, a subsidiária austríaca do grupo de telecomunicações alemã Deutsche Telekom, virou-se para a eterna rivalidade entre Papai Noel e o menino Jesus para a temporada de Natal.

Em um dos vídeos, Papai Noel, ataca seu adversário com seu enorme saco , enquanto se prepara para deixar o presente perfeito nesta época natalícia, um pacote de telefonia móvel.

video

O ‘tipo de Cristo’ é arremessado contra uma prateleira da sala deixando um rastro de cristais, ele vem em um segundo anúncio com um golpe de caratê brilhante homem deixando Papai Noel no chão.

video

Protestos foram rápidos. Centenas de pais e educadores se queixaram para a empresa e escreveu seus protestos no site, informou o semanário alemão Der Spiegel na sua edição online.


"Tem que ser proibido o anúncio imediatamente", exigiu uma mãe que alegou: não sei como explicar aos seus filhos por que Papai Noel bate no Menino Jesus. "Além disso, para nós, não é apenas o Menino Jesus."

TeleRing defendeu. Primeiro queria tentar explicar que há uma rivalidade entre os dois personagens com. Em seguida, ele anunciou que iria mudar as cenas conflitantes, mas finalmente decidiu retirar o anúncio.

“A empresa tem se desculpado em sua publicidade considerando que não foi isso intencional, mas que teve uma repercussão negativa,” disse a empresa rejeitar "toda a violência" em um comunicado que "Der Spiegel" refere.


BASTIDORES - MAKING-OFF
video





Uma cidade sem CULTURA, é uma cidade morta.


Referir-se a uma cidade é referir-se a pessoas. Uma cidade sem cultura é uma cidade morta. A cultura induz o jovem a pensar, criar, interagir, imaginar, a ser capaz. A cultura num todo abre portas, trabalha a timidez, permite sonhar, e mantém viva a imaginação artística que cada indivíduo carrega em seu interior. Todos nós seres humanos somos artistas, alguns conseguem descobrir seu talento e outros não. Quando me refiro à cultura, não me prendo a uma classe, mas englobo-a como um todo. Uns desenvolve aptidão para pintura, outros para artesanato, outros para leitura etc e etc e por ai vai.

Os jovens de hoje continuam sendo como nós em nossa época, o que falta então para que eles desenvolvam hábitos culturais positivos que possam elevar tanto o interesse como o realizar? Vontade própria. O jovem tem de querer, tem que desejar, isso é voluntário em cada um. Um jovem sem ambição se torna perdido, confuso e sem perspectiva. A cultura em um todo, transforma o jovem, abre sua mente e revela um mundo mais colorido, um mundo mais belo.

Em um evento que fiz em determinada data ocorreram uns episódios que me deixou preocupado, primeiro: um jovem me perguntou quanto custava meu livro. Cada ser humano tem uma forma de pensar, eu, por exemplo, quando vou comprar um livro, primeiro quero saber do seu conteúdo, quem o escreveu e em que circunstancia, enfim se o livro é um bom livro, daí procuro saber o seu valor e se tiver dentro do meu orçamento eu o compro se não, eu o listo como uma futura aquisição. Mas enfim quando disse o valor ao jovem que estava rodeado por alguns outros de sua faixa etária, ele prontamente fez uma matemática contando em seus dedos e me respondeu que com o valor cobrado ele podia comprar sete cervejas. Eu respondi que ele ficasse a vontade, mas ironicamente sugeri que ele em vez da cerveja comprasse uma calculadora.

Em outro episodio me chegou um jovem e perguntou se eu vendia pinga (cachaça) eu disse que onde ali ele estava vendo algo parecido, mas sua resposta foi rápida.

— ô sô, ce tem que vender é pinga, vai rachar de ganhar dinheiro.

Restou-me dar discretamente uma risada. Esses nem se deram o trabalho de pegar em meu livro, folheá-lo, ler algumas linhas, enfim... houve tantos outros comentários que nem vale a pena citar, são episódios que me entristece como escritor, saber que os jovens em sua grande maioria estão longe de se tornarem amantes de uma boa leitura, preferem um mundo superficial, sem imaginação, sem ter que perder tempo, (assim pensam eles). Mas perda é quando deixam de fazer aquilo que os enriquecem, seja uma boa leitura, ou seja, qualquer outra coisa que culturalmente possa elevar suas mentes e abrir ou ampliar seus horizontes.

Os jovens precisam de incentivos positivos para que eles venham a ter interesse cultural. Precisamos ler mais, precisamos voltar a era do livro, onde cada linha lida remetia a uma emoção, a uma imaginação, a criação de um mundo, de um universo interior que somente um livro pode remeter. Os jovens precisam do mundo moderno, mas não podem deixar como muitos dizem: o mundo arcaico morrer. A leitura tem que ser um hábito diário, cotidiano, ninguém perde com isso e o vitorioso acaba sendo não o leitor, mas a sociedade.



O QUE SIGNIFÍCA REGULAR A MÍDIA?


Regulação, democratização ou censura à mídia? Os próprios termos usados para se referir à proposta de modificar as normas que regulamentam o setor de comunicação no Brasil já deixam claro o tamanho da polêmica que envolve o tema.


Muito falada mas pouco discutida, a regulação da mídia deve voltar a ganhar força a partir desta sexta-feira, pois está prevista para ser debatido em uma reunião do PT com início previsto para esta sexta-feira.


A BBC Brasil explica aqui os principais pontos da discussão.


Por que o tema está sendo debatido agora?
A regulação da mídia é uma bandeira histórica do PT. Durante a campanha à Presidência, o partido pressionou para que a presidente Dilma Rousseff encampasse a discussão em um eventual segundo mandato.


Após sua reeleição, a petista deu algumas declarações defendendo a regulação econômica da mídia. Ela negou repetidamente a intenção de regular conteúdo.


Em entrevista a jornais brasileiros no mês passado, ela disse que "Regulação econômica diz respeito a processos de monopólio e oligopólio." A presidente deve iniciar uma consulta pública sobre o tema no segundo semestre do ano que vem.


O enviado especial da ONU para liberdade de expressão, David Kaye, destacou, em entrevista à BBC Brasil, a necessidade de evitar monopólios na mídia - com mais competição, segundo ele, é maior a possibilidade de repórteres investigarem histórias que podem não ser favoráveis ao Estado.


"Só é preciso ter mais cuidado para que esta lei não dê ao governo uma forma de controlar o conteúdo", afirma.


A mídia precisa ser regulada?
Os grupos que defendem a regulação da mídia dizem que o projeto aumentaria a democratização do setor.


O FNDC (Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação), entidade que reúne diversos grupos que defendem mudanças na regulação, afirma, por exemplo, que cinco grandes emissoras de TV (Globo, SBT, Record, Band e Rede TV!) dominam o mercado brasileiro.


A Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão), diz, no entanto, que há no país 521 emissoras de TV - a conta inclui TVs regionais que retransmitem, em grande parte, conteúdo das grandes emissoras.


"A democracia se aprofunda em ambientes onde há mais diálogo, onde a diversidade de ideias, as diferenças regionais, têm espaço equilibrado na mídia em geral. O que nós queremos, em resumo, é mais democracia. E o caminho é a criação de um marco regulatório moderno", disse à BBC Brasil o presidente do PT, Rui Falcão.


Defensores da regulação da mídia destacam que alguns artigos da Constituição que falam do setor não foram regulamentados pelo Congresso.



Eles proíbem monopólios e oligopólios, estabelecem que a programação deve atender a critérios regionais e determinam regras para publicidade.


© Foto: Reuters Presidente pretende incentivar discussão em 2015.


O presidente da Abert, Daniel Slaviero, afirma que, apesar da demora para regulamentação destes artigos, a mídia já é regulada.


"Quando fala-se em regulação parece que a mídia não é regulada. Isso é um erro, porque temos mais de 650 normas -portarias, decretos ou leis- que regulamentam o setor de comunicação social, não só rádio e TV como impresso."


Quem seria atingido pela regulação?
No Brasil, emissoras de rádios e TV são concessões públicas - é como se o governo "emprestasse" às empresas o espaço para transmissão, que é um bem público. Por isso, assim como outros setores em que há concessões, são passíveis de regulação.


Jornais, revistas e sites noticiosos não seriam atingidos por esta discussão.
Durante a campanha eleitoral, o PT aumentou o tom de suas críticas à imprensa, principalmente à revista Veja.


O presidente do partido diz que, nesta área, a sigla defende o projeto de lei que dá ao eventual ofendido o "direito de divulgação de resposta gratuita e proporcional à matéria ofensiva, com o mesmo destaque, publicidade, periodicidade e dimensão."


O governo já apresentou o projeto para regulação?
Há, provavelmente, mais dúvidas do que certezas sobre como seria a regulação da mídia no Brasil. Isso ocorre porque ainda não há um projeto definido.


A presidente Dilma afirma que o debate terá que ser feito com a sociedade. Até agora, ela já afirmou que o foco seria a proibição de monopólios e oligopólios, mas não especificou os critérios.


A posição da presidente contrasta, em parte, com a de seu partido. O PT tem posições mais à esquerda e apoia os movimentos sociais que lutam pela democratização da mídia.


"Não temos como ter posição firmada sobre isso enquanto não conhecermos o projeto concreto. Mas, de antemão, qualquer coisa que interfira no conteúdo tem repulsa e rechaço não só por parte dos veículos e profissionais como da sociedade como um todo, que considera liberdade de imprensa um dos pilares da democracia", diz o presidente da Abert.


Então qual o projeto que existe?
O FNDC formulou um projeto de lei de iniciativa popular e está, há cerca de um ano, colhendo assinaturas para que a proposta chegue ao Congresso. São necessárias 1,3 milhão de assinaturas - o mecanismo é semelhante ao que criou a Lei da Ficha Limpa.


Entre os principais pontos da proposta estão:
1. Impedir a formação de monopólio e a propriedade cruzada dos meios de comunicação (um mesmo grupo não poderá, por exemplo, controlar diretamente mais do que cinco emissoras, e não receberá outorga se já explorar outro serviço de comunicação eletrônica no mesmo local, se for empresa jornalística ou publicar jornal diário)


2. Veto à propriedade de emissoras de rádio e TV por políticos


3. Proibição do aluguel de espaços da grade de programação (para grupos religiosos ou venda de produtos, por exemplo)


4. Criação do Conselho Nacional de Comunicação e do Fundo Nacional de Comunicação Pública
O presidente da Abert classifica o projeto como atrasado, porque ele não tem regras, por exemplo, para a internet.


Slaviero afirma também que é um erro confundir rede de programação com propriedades - segundo eles, diferentes emissoras não pertencem ao mesmos donos, mas transmitem em parte conteúdos semelhantes para apresentar novelas e conteúdos nacionais.


Ele diz que a mídia já é plural. Segundo ele, por exemplo, São Paulo tem 21 canais abertos - "só fica atrás de Nova York".


O representante das emissoras também classifica como "ímpeto autoritário" a criação de conselhos de comunicação.


Esta proposta inclui regulação de conteúdo?
O projeto aponta diretrizes para a programação de emissoras, sem fazer referência a conteúdo.
A proposta determina, por exemplo, que emissoras afiliadas a uma rede de televisão deverão dedicar pelo menos 30% da grade com produção regional. Já as nacionais precisam destinar 70% da programação a conteúdo nacional, e pelo menos duas horas por dia a jornalismo.


Também há regras relacionadas a crianças e adolescentes, como a proibição de publicidade dirigida a crianças com menos de 12 anos.


Propostas semelhantes a esta provocaram polêmica em 2010, ao serem apresentadas pelo então ministro da Comunicação, Franklin Martins. O projeto, que previa a regulação de conteúdo, foi engavetado pela presidente Dilma.


Mas ainda hoje a proposta de "controle social da mídia" é apontada por críticos como um exemplo de que o PT teria a intenção de censurar a mídia.


Regular a mídia significa restringir a liberdade de imprensa?
O presidente da Abert, Daniel Slaviero, diz que ainda não é possível discutir o significado da regulação econômica, porque o governo não apresentou a proposta. Mas ele é contrário à regulação de conteúdo prevista, por exemplo, no projeto de lei de iniciativa popular.


"Quando se fala em regulação da mídia no sentido de acompanhar, fiscalizar, o conteúdo das emissoras, controle social da mídia, é óbvio que isso tem um viés de interferência no conteúdo, e conteúdo não pode sofrer intervenção. A mídia pode ser responsabilizada pelos eventuais excessos: tem Código Civil, Penal, etc. Mas acho que qualquer iniciativa que, mesmo de forma indireta, interfira no funcionamento é uma interferência indevida."


Ele usa como exemplo a determinação de um percentual mínimo de tempo dedicado à programação infantil, por exemplo. "Depois determinam para público infanto-juvenil, para jovens-adultos...", o que retiraria, assim, a liberdade da emissora de determinar sua própria programação.


O presidente do PT, Rui Falcão, afirma que o partido nunca defendeu e não defende a censura.
"Quando a ideia de um conselho - mecanismo usado inclusive em vários países desenvolvidos - foi apresentada pelo governo, ela foi imediatamente demonizada pela mídia monopolizada e sequer foi debatida. Minha posição é de que o tema precisa ser discutido democraticamente, porque o Brasil não pode continuar refém de grupos de interesses."



FONTE:

BBC BRASIL

CHEGA AO FIM A ERA ORKUT




SAIBA COMO GUARDAR O SEU PERFIL DO ORKUT


Rede social que marcou década dos brasileiros vai fechar as portas no dia 30; saiba como guardar fotos, scraps e depoimentos para a posteridade
Por Bruno Capelas

É assim que meu perfil vai ficar guardado pra sempre no meu computador. FOTO: Reprodução

SÃO PAULO – O Orkut vai acabar, e isso não é novidade: em junho, o Google anunciou que daria fim à rede socialque foi a primeira de muitos brasileiros, com seus scraps, depoimentos e gifs incríveis.

Entretanto, nem tudo que ficou por lá e viveu, marcou a nossa história vai para o grande lixo da internet: é possível recuperar e guardar consigo mesmo para a posteridade o seu perfil, os seus álbuns de fotos, os seus recados, depoimentos e todos os tópicos que você criou.

Em menos de duas semanas para o fim do Orkut como a gente o conhece — a rede social sai do ar no dia 30 de setembro —, muita gente ainda não guardou seus dados, nem sabe como fazê-lo. É para isso que estamos aqui, com a ajuda de uma ferramenta do Google chamada Google Takeout (ou retirada, em bom português). Para começar, acesse o link a seguir.


Selecione apenas o Orkut no Google Takeout. FOTO: Reprodução

Essa é a página do Google Takeout. Você vai precisar se logar com a sua conta Google que usava para acessar o Orkut. (É, a memória talvez seja um problema agora, mas a gente confia que você vai lembrar). A partir dessa tela, você vai clicar em “criar um arquivo”. Vale dizer que o Google Takeout serve para todos os serviços Google que você usa — como o Blogger, o Gmail e o Drive. E é possível fazer backup de todos eles com a ferramenta, mas aqui só faremos do Orkut, ok?


Espere o Google carregar todos os seus scraps, fotos e depoimentos para um arquivo .zip. FOTO: CRÉDITO


Clique em “selecionar tudo” para desselecionar as caixas, e depois em “Orkut” para selecionar o Orkut. Na sequência, clique em “criar um arquivo” e espere o Google carregar tudo o que estava atrelado ao seu perfil. Ele vai gerar um arquivo .zip, que você pode baixar.


Pronto: agora é só baixar, guardar num HD externo, num pendrive ou na nuvem toda a memória do seu Orkut. FOTO: Reprodução

Dentro dele, um tesouro de anos atrás: além das suas fotos (que vem sem legenda, mas divididas nos álbuns), você tem a página do seu perfil. Na pasta “internal”, é possível encontrar outras páginas bacanas: “scraps” te leva para a lista de scraps que você tem (isso se você não era da turma “respondo e apago”); “testmonials” vai mostrar os depoimentos fofos que te deixaram; e dentro da pasta outras muitas pastas contém arquivos HTML das páginas de tópicos que você criou em diferentes comunidades. Dá para gastar horas e horas se divertindo com isso, né?

Ah, um aviso: apesar do fim do Orkut estar marcado para o dia 30 próximo, será possível retirar os dados até 30 de setembro de 2016. Já as comunidades públicas serão preservadas em um “arquivo de comunidades” aberto ao público. Este arquivo, porém, será apenas para visualização e não aceitará novos tópicos, comentários ou enquetes.


A “Luta de classes…” é um exemplo de comunidade engraçadinha do Orkut que vai deixar saudades. FOTO: Reprodução/Orkut

VEJA TAMBÉM
Google anuncia fim do orkut
10 motivos para sentir saudade do orkut
orkut completa 10 anos